As minhas lágrimas regam os sentimentos mais puros e verdadeiros e me fazem renascer a cada nova estação. (Mônica Caetano Gonçalves Maio/2011)
Registro na Biblioteca Nacional nº: 570.118

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Harmonias

Imagem: Wassily Kandinsky – Composição VIII  - 1923


 
"... A forma, mesmo quando abstracta e geométrica, possui o seu próprio som interior...”

“... Luta de sons, equilíbrio perdido, ‘princípios’ alterados, rufos de tambor inesperados, grandes questões, aspirações sem objectivo visível, impulsos aparentemente incoerentes, correntes e laços quebrados que se entrelaçam, contrastes e contradições... eis como se apresenta a nossa Harmonia”....
Wassily Kandinsky 



Uma suave melodia
Eterniza os passos dos cavaleiros andantes,
De meus moinhos e tranças
Que outros ventos libertaram,
Fazendo-me corda e pauta,
Compondo harmonias, 
Nos compassos da vida.

21/06/2012

Um comentário:

  1. @!√* Muito bela e linda toda a composição !!!! Bravo !!!!!

    ResponderExcluir