As minhas lágrimas regam os sentimentos mais puros e verdadeiros e me fazem renascer a cada nova estação. (Mônica Caetano Gonçalves Maio/2011)
Registro na Biblioteca Nacional nº: 570.118

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Tango




Anoiteci
Densa e sensual,
Como a música portenha...
Quero uma paixão
Intensa e forte,
Que se insinue nos olhares
E se manifeste
Sem palavras
Nos compassos e movimentos,
Como fosse um tango...

29/09/2011

2 comentários:

  1. Não canso deste trecho e com este poema .... Queria compartilhar .
    Ana Boson

    ResponderExcluir
  2. À vontade, Ana! Obrigada, Querida! Beijo.

    ResponderExcluir